A gravidez, o efeito sanfona das dietas que engordam-emagrecem, além do peso da idade fazem com que acumule gordura, além de causar flacidez da pele e fraqueza muscular no abdome (diastase). A lipoaspiração a LASER / tradicional resolve os casos em que há gordura localizada, mas sem tratar a flacidez da parede abdominal, a qual causa a protrusão para frente de todo o abdome, necessitando manter a musculatura contraída o tempo todo. Quando há excesso de pele e gordura abdominal associado a flacidez da musculatura abdominal (diastase), principalmente após gestações, a solução é a cirurgia de abdome ou abdominoplastia, que melhora a silhueta do abdome e cintura, removendo os excessos de pele e gordura, corrigindo a flacidez da musculatura da parede abdominal e deixando o abdome plano e a cintura mais fina.

Indicação da Abdominoplastia

Segundo o cirurgião plástico Dr. Marcio Grave, a abdominoplastia é indicada para pacientes que têm gordura localizada e fraqueza muscular no abdome associada à flacidez da pele moderada a grave, casos em que a lipoaspiração isolada não soluciona. A lipoaspiração a LASER / tradicional isolada é indicada se houver bom tônus muscular, boa elasticidade da pele e gordura localizada em pequena quantidade, corrigindo casos leves de flacidez cutânea. Há casos em que os procedimentos de lipoaspiração e de abdominoplastia devem ser associados para refinar o resultado, pois consegue-se melhor contorno abdominal com a lipo. Dr. Marcio ressalta que a abdominoplastia tradicional (com maiores incisões e confecção do novo umbigo) pode ser substituída pela miniabdominoplastia (incisões menores, semelhante a cesárea e reposicionamento do próprio  umbigo) quando houver excesso de pele e de gordura somente abaixo do umbigo. Uma das contraindicacoes à abdominoplastia é em pacientes com obesidade generalizada (IMC maior que 30).

Umbigo "triste", com excesso de pele da região supra-umbilical

Umbigo “triste”, com excesso de pele da região supra-umbilical

Ideal

Dr. Marcio Grave recomenda se submeter à abdominoplastia depois de ter todos os filhos, porque a gravidez pode provocar novamente a flacidez da pele e a frouxidão muscular, perdendo o resultado obtido com a plástica. Trinta porcento das pacientes após a gravidez, desenvolvem distase (afastamento) da musculatura do abdome. Com isso, a paciente perde a cintura e também causa um abaulamento na região anterior do abdome, sendo necessário sempre manter contraída a musculatura abdominal para não aparecer a protuberância.

A cirurgia de abdome deve ser realizada com peso ideal, porque o risco de complicações pós-operatórias no paciente obeso é maior. Além disto, o excesso de peso pode comprometer o resultado final.

Musculatura aproximada por sutura. Observe a melhora da parte anterior do abdome e também da cintura.

Diastase corrigida por sutura, refazendo a anatomia anterior à gravidez. Com isso, consegue-se melhora da cintura.

Anestesia

A cirurgia de abdome pode ser feita com peridural ou geral. Esta decisão é tomada em conjunto com a paciente, o anestesista do SAJ e Dr. Marcio Grave

Duração da plástica no abdome

Em torno de quatro horas. É importante mencionar que o Dr. Marcio faz todos os procedimentos cirúrgicos sem pressa ou sem cumprir todas as etapas da cirurgia. Segue plano cirúrgico individual meticuloso para cada pessoa, individualizando o tratamento, não usando a mesma “receita” para todos. A cirurgia só é finalizada quando o resultado a ser alcançado é obtido. 

Tempo de hospitalização

Como Dr. Marcio opera geralmente pela manhã, no primeiro horário, a maioria dos pacientes tem alta ainda no mesmo dia, evitando a permanência no hospital.

Umbigo

O umbigo é remodelado na abdominoplastia convencional. Existem várias técnicas para o reimplante do umbigo. Dr. Marcio utiliza a técnica que mantém as incisões dentro do umbigo, para que não seja visível no pós operatório.

Pós cirúrgico da abdominoplastia

Drenos de aspiração são usados para evitar o acúmulo de seromas (líquido entre a pele e os músculos), auxiliando na redução do inchaço. Eles permanecem de cinco a sete dias e o volume aspirado deve ser medido diariamente. O abdome fica com curativo de algodão que não pode ser molhado por dois dias. Na primeira semana, o local da incisão da abdominoplastia fica protegido com uma fita de micropore, que será retirada pela equipe médica. Não é permitido ao paciente manipular o curativo. O umbigo recebe uma proteção de gaze por duas semanas. A partir do quarto dia, ela deve ser trocada diariamente após o banho de chuveiro (não de banheira).

Recomendações

Não fumar pelo menos por um mês após a abdominoplastia, para não prejudicar a cicatrização e diminuir os riscos de necrose de pele e infecção.

Fazer repouso por uma semana. Evitar de ficar sentada. Caminhar bastante dentro de casa. À noite, procure descansar. Alimentar-se bem também é fundamental, além de ingerir bastante água (mínimo de 2L de água por dia).

Na primeira semana após a abdominoplastia, recomenda-se dormir de barriga para cima, com a cabeceira elevada e travesseiros abaixo dos joelhos para manter as pernas semiflexionadas. Evite deitar de lado, mas, se dormir de lado, não se esqueça de dobrar as pernas. Esse é um dos pontos de maior desconforto para o paciente. Caso você vire durante a noite, dormindo, não tem problema, é só manter as pernas semi-flexionadas.

Não é necessário repouso absoluto após a cirurgia de abdome. Pequenas caminhadas dentro de casa são recomendadas após as primeiras 24h: ajudam a circulação dos membros inferiores e auxiliam na saída de líquido através do dreno.

Mantenha uma postura curvada, com o corpo levemente inclinado para frente, por até 15 dias, para não provocar tensão no lugar da cicatriz.

Procure se alimentar com alimentos nutritivos durante o pós-operatório da cirurgia de abdome, não gordurosos. Não faça regimes rigorosos durante este período. Você pode ficar com o sistema imunológico comprometido, prejudicando a cicatrização.

Não ingira bebidas com álcool após 7 dias depois a cirurgia de abdome. O álcool, em alguns casos, causa o aumento do edema. É comum que o intestino fique lento nas primeiras semanas, mas é importante regularizá-lo. Caso não funcione por dois dias, no terceiro recomenda-se o uso de um regulador de intestino (sob orientação médica).

Não se exponha ao Sol no local da cirurgia por dois meses após a abdominoplastia. Se tiver manchas arroxeadas, é indispensável aplicar o bloqueador solar. A exposição sem proteção só é permitida dois meses após a cirurgia de abdome ou de acordo com a liberação médica. Estes cuidados podem ajudar a evitar manchas e cicatrizes escurecidas.

Evite, nas primeiras duas semanas, as relações sexuais pelo risco aumentado de sangramento e trauma local. Evite todos os exercícios físicos que podem aumentar a pressão arterial durante os primeiros 7 dias. A atividade física será liberada a partir de 30 dias ou conforme a evolução do caso (pode ser antes deste prazo), sendo dependente diretamente da velocidade de recuperação. Qualquer esporte com risco de traumatismo (ex.:esportes com bola ou de contato físico) deve ser evitado por 60 dias após a abdominoplastia.

Dê preferência a roupas confortáveis e de tecidos finos na primeira semana após a cirurgia de abdome. Evite roupas justas ou difíceis de vestir porque elas vão ficar apertadas e incômodas no primeiro mês devido ao inchaço pós-operatório.

Use a cinta colocada no final da abdominoplastia 24 horas por dia por quatro semanas, tirando apenas durante o banho de chuveiro, que costuma ser liberado depois de cinco a sete dias, quando o dreno já foi retirado. A cinta não deve ficar apertada para não prejudicar a circulação, causar desconforto e retardar a cicatrizarão. Junto com a cinta modeladora, você deve usar as almofadas de espuma entre o modelador e a pele, nas regiões foi Dr. Marcio lipoaspirou. Isto evita espaços onde pode acumular liquido utilizado na lipoaspiração.

São indicadas sessões de drenagem linfática a partir de uma semana da cirurgia de abdome para apressar a drenagem do líquido no local, facilitando a cicatrização e eliminando o inchaço. 

Complicações

Na primeira semana, o local ficará inchado e com algumas áreas de equimoses (manchas roxas), principalmente na região dos flancos. Esse inchaço é maior pela manhã e regride ao longo do dia, podendo ocorrer de um lado ficar mais inchado do que o outro. É importante lembrar que isto é temporário e não interfere no resultado final. A partir da segunda semana, há uma melhora progressiva do inchaço, proporcionando maior conforto a cada dia.

Cicatriz da cirurgia de abdome

A cicatriz da abdominoplastia fica logo acima da implantação dos pelos pubianos. Dr. Marcio planeja o local da incisão para ser escondida por um biquini ou roupa íntima.

O ganho de uma nova silhueta, sem flacidez e gordura, faz com que o(a) paciente aumente sua auto-estima e auto-confiança, permitindo utilizar roupas que antes não eram usadas devidos ao contorno corporal alterado.